sábado, 23 de setembro de 2017

PRIMAVERA


─ Deveras,
é primavera! –
anunciam-me os bem-te-vis
bem cedo pela manhã.
Também pudera! –
rebatem as maritacas
ao entardecer, no afã
de encontrar entre as flores
um espaço que lhes dê abrigo,
um adormecer sem perigo.
Espio pela janela.
As castanheiras já trocam as folhas,
ainda restam alguns ipês rosados ali  adiante.
Deveras, penso comigo,
já é primavera...

Sandra Medina  Costa

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Dia da Árvore


"Se você deseja conhecer a força e a paciência, 
acolha a companhia de uma árvore."

(Hal Borland)

Já que vou envelhecer



já que vou envelhecer,
vou florescer toda manhã.
primavera a vida inteira.
já que vou morrer,
vou parir-me em cada entardecer.
cada dia uma maneira.
caso não envelheça, nem morra, atentem-se!
depois de parir tantas vezes
posso ser elevado:
nascer como um outro animal
ou como uma planta trepadeira.

Autor: Jordano Souza

terça-feira, 19 de setembro de 2017

O Bem

[Imagem Pinterest]

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Há coisas


Há coisas que eu
eu não sei pensar.
E eu não penso.

Quando amadurecem caem
do pé da minha cabeça,
e cá está, outra coisinha
sem eira nem beira.

Se o objeto caído
for doce, é poesia.

Se amargo for,
é mais poesia ainda.

Autor: Jordano Souza

sábado, 16 de setembro de 2017

Amor, então, também, acaba?


“Amor, então,
também, acaba?
Não, que eu saiba.
O que eu sei
é que se transforma
numa matéria-prima
que a vida se encarrega
de transformar em raiva.
Ou em rima.”

(Paulo Leminski, poeta brasileiro.)

sexta-feira, 15 de setembro de 2017