terça-feira, 22 de setembro de 2009

Águas de primavera



Deixei-me cortar.
A poda foi forte
e a seiva agora corre
em minhas veias,
em minha mente.
Urge nascer novos brotos,
flores e frutos.
A chuva que chega forte
traz relâmpagos e trovões
anunciando vigorosamente
o início da primavera.
Estação das flores?
Estação das águas.
Águas de primavera.
Flores na alma.

Sandra Medina Costa

[imagem da web]

2 comentários:

Dilma Damasceno disse...

Olá, Sandra!

Aqui estou, me deliciando com
"Águas de primavera".
É maravilhoso ter flores na alma!
Que essas flores permaneçam eternas!

filha de rosa com pescador disse...

Que assim seja, amiga!