domingo, 3 de janeiro de 2010

Arco-íris duplo



Arco-íris duplo
no céu sem chuva,
só branca nuvem...
aponta ao longe
o horizonte,
onde escondeu o pote de ouro.

Vento de chuva
sopra forte
janela a dentro.

A água cai mansa.
Anoitece.
Agora no céu
a lua aparece
imponente
entre nuvens...

Sandra Medina Costa

[imagem da web]

2 comentários:

Flamarion Silva disse...

Obrigado por ter gostado do meu conto no Favas Contadas.
Voltarei mais vezes para ler seus poemas.
Abraço e feliz 2010!
Flamarion Silva

filha de rosa com pescador disse...

Será uma alegria vê-lo aqui, Flamarion! Obrigada.