sábado, 23 de maio de 2009

As Aventuras da Folhinha Vermelha


Há dias a Folhinha Vermelha
da pequena Castanheira
fincada nas pedras e corais
da praia de Apuã


sonhava que o vento marinho
viria bem de mansinho
buscá-la para um passeio
na ensolarada manhã.

E chegara o grande dia!
Já a maré subira
e enchera de água a caverna
onde os caranguejos moravam.

A Folhinha Vermelha, então,
planou suavemente
até pousar docemente
na piscina que se formara.

No farfalhar das águas
da piscina natural,
a Folhinha Vermelha brincava
no passeio matinal.

Deixava-se levar pelas águas
de um canto a outro sem medo.
Às vezes, numa pedra ficava,
a olhar os caranguejos.

De longe, a mãe Castanheira
chorava a saudade da filha.
Temia que a Folhinha Amarela
também se seguisse a mesma trilha.

Sandra Medina Costa

Um comentário:

GUERREIRA disse...

ola...lindonaaaaaaaaaaaaa

tenha um otimo domingo. sempre com lindas poesias

bjk