terça-feira, 26 de maio de 2009

O Tempo Mudou


O tempo mudou. Foi domingo (do ano passado).
(Os tempos mudaram. Foram-se os domingos...)
Bem eu vi, bem senti no domingo
o cheiro da primavera.
Um cheiro que era pura poesia.
E eu disse ao meu filho que,
contrariando a todas as previsões e ensinamentos,
a primavera antecipara em um mês
a sua chegada.
E eu me dizia
quão admirada estava
em levar mais de 40 anos
para aprender o cheiro de cada estação.
À noite desse mesmo domingo,
uma pontinha de melancolia
doía na alma.
O tempo mudara. Os tempos mudaram.
E já vão tão longe aqueles domingos
de família toda reunida,
do almoço diferente,
da galinha com um tempero especial
feita por Dona Rosa – minha mãe!
A gente não sabia, mas, naquele tempo, éramos felizes!
Ficou a saudosa vontade de voltar o tempo.
Saudade do cheiro da felicidade,
do cheiro da alegria, da harmonia...
da família junta de novo.

Sandra Medina Costa


3 comentários:

GUERREIRA disse...

cade meu comensts que ja fiz??

GUERREIRA disse...

ahh amiga...confundiiii com a de domingo..entao me respode a mesma perguyta de la.rsrs adorei de novo esta de domingo

filha de rosa com pescador disse...

Oi, amiga Guerreira!
Meus domingos às vezes são assim... bons, muito bons. Antigamente acho que eram melhores, pois havia minha mãe e meu pai.
E como andam os seus domingos?