sábado, 25 de abril de 2009

Amo-te



Amo-te um amor indiviso,
Leve como a luz tênue da lua do meu céu,
Forte como o bramido desse mar à nossa frente.
Rumo ao futuro sigo, por vezes confiante, por vezes insegura...
Entendo que amor é isso: essa mistura
Doce e forte de sensibilidade, certeza, fragilidade...
O coração teimando em bater mais forte quando te vê.

Sandra Medina Costa

2 comentários:

GUERREIRA disse...

ola sandra...sou amiga da iaia. e vim te fazer uma visita.

Tenha um otimo dia

filha de rosa com pescador disse...

Olá, Guerreira!
Seja sempre bem-vinda.
Obrigada pela visita e volte sempre.